segunda-feira, 2 de abril de 2012

total clichê irracional

Como começar um tema sem cair no clichê? Como contar uma história de amor sem cair no clichê?
Ontem fui assistir uma comédia romântica no teatro. Algo tão óbvio quanto previsível é esse tema: inicia-se um amor, cria-se uma história, aparecem umas briguinhas mas no final sempre tem o final feliz.
E se estivermos mal humorados... não há quem aguente esperar pelo desfecho: "eta coisinha chata isso, até parece que a vida é esse mar de rosas".

Mas chega de enrolar, eu só queria dizer que fazia tempo que eu não sentia algo tão interessante.

Tchau. Vou esperar.

0 comentários: