domingo, 30 de março de 2008

quinta-feira, 27 de março de 2008

saturação ou quase isso

Agora, sem eufemismos:
quer que eu cite um texto de Clarice?
ou prefere Drummond?

A banalização literária faz um belo contraste com as comunidades virtuais.
Que bom, sinal que todos têm o hábito da leitura.
E o Mario Quintana?

Aprecio muito uma boa leitura, mas está saturadissima a utilização do texto e principalmente a do nome de certos autores.
Dê sua opinião, e veja a classificação geral:
1- Clarice Lispector
2- Fernando Pessoa
3- Drummond
4- Caio Fernando Abreu
5- Os demais, a ralé.

quarta-feira, 26 de março de 2008

Bosta

Me falaram "a Pitty desafinou"
Me falaram "gostou de ter visto o Rafinha ganhar"

Eu nem assisti.
E tem gente que faz até churrasco para ver BBB.

segunda-feira, 24 de março de 2008

pior ainda

Se os judeus sofreram tanto nas Grandes Guerras Mundiais, os gays, imagino, sofreram ainda mais.
Bent tenta nos mostrar isso.

No elenco, tem Magneto, Clive Owen, Mick Jagger e Jude Law?? (esse eu não vi)

não é fácil ser macho

"Minha mãe vive com uma mulher e meu pai, com um homem.
Os heterossexuais são minoria, e são eles quem levam curra na rua. Os homens, para beijar uma mulher, vão a clubes nuturnos e esses casais são considerados simples reprodutores.
E aqui todo filho gay é o orgulho de toda a família e o machão, a decepção!"

Assim é a vida em Almost Normal.

sábado, 22 de março de 2008

formosura

Hoje acordei inspirado.
E a noite promete.
O quê, eu não sei.
Quanta futilidade.
O dia está apenas começando e eu já estou sem assunto.
Aceito sugestões.

quinta-feira, 20 de março de 2008

não ao desperdício

Feriado para quem não mora ou não vai à praia é um desperdício.
Quero minha parte em dinheiro!

quarta-feira, 19 de março de 2008

Paquita!


ANIMAL! Olha o trocadilho!
Nunca imaginei que iria gostar de filme de zumbi.
Você com certeza vai lembrar de Thriller, de Michael Jackson. E Dead Alive (não gosttei de Fome Animal) também leva o nome de Jackson - não do amigo de Macaulay Culkin, mas o amigo dos Hobbits, o Peter.

O filme é muito engraçado e divertido.
Porquê? Porque ele não tenta levar a sério como os filmes teen-trash atuais e esculhamba com tudo mesmo!
Ainda bem.

Tem de tudo nesse filme: bebê-zumbi-pentelho saindo de dentro da cabeça, liquidificador, cortador de grama (bem melhor que a serra elétrica), e todos os tipos de amputações.
Veja a sinopse abaixo.

Zapeando pela net, encontrei dois blogs ligados ao tema:
Cine Trash Revival
Isso é Bizarro

Sinopse e download.


Na mesma linha, com influências claras de fome animal, porém agora mais Cult, está um dos filmes do Grinhouse, o Planeta Terror.
Com participação de Tarantino.

clássico e previsível

Todos já sabem que eu adoro o vila dionísio.
É o único lugar por aqui que dá pra ouvir um som decente e encontrar gente bacana.

Ontem, fizeram graça e não me deixaram entrar no bar - após eu ter ido levar a Ana para a rodoviária. Era uma emergência e eu sempre fizera isso.
Agora, me fazer de palhaço e me forçar a pegar aquela fila de novo.
É aquela velha história de alguém, que depois de ganhar uma grana, passa a esnobar o povo com arrogância.

Até parece banco!

segunda-feira, 17 de março de 2008

adolescente

Estou com o sorriso metálico.
Cores do elástico: azul.
A próxima, verde.

quinta-feira, 13 de março de 2008

sobre ser mercenário

O dinheiro. Nunca soube lidar com ele embora também nunca tenha me faltado. Ganho bem, fazendo o que eu não gosto - por enquanto.
Enfim, venho percebendo uma certa aura mercenária predominando sobre as pessoas. E nem precisa ser rico. É geral. Pessoas sacaneando uns aos outros e mentindo na cara dura para poder ganhar um extra e se dar bem.
Duas simples coincidências:
Ortodontologista mentem. Usei aparelho por 7 anos. Multiplique 7 por 12x(valor mensal da manutenção) e veja o quanto eu gastei por um aparelho de merda. Agora vou ter que usar de novo. Enganaram-me uma vez, mas hoje, confio no meu novo Orto, e dessa vez o prejuízo será menor; vou usar o aparelho por um ano. E meio.
Advogados mentem, e muito. Estes são os mais caras de pau. Portanto, desconfiem das sentenças. Justiça? hahaha

Dizer que alguém é mercenário só por fazer o que não gosta, talvez seja um pouco exagerado. Porque afinal de contas, está difícil trabalhar com o que se gosta, atualmente. Convenhamos, a coisa está preta e quem tem emprego hoje, é um sortudo. Aliar o pessoal ao financeiro é a grande dificuldade.
Talvez, mercenário seria algo mais podre, como alguém que vive querendo se dar bem (sempre!) com base na mentira e na falsidade. Em outras palavras: ganância e inveja.

Quero acreditar nos outros, mas sei lá, às vezes me sinto um trouxa.
Não sei mentir.

domingo, 9 de março de 2008

1977

Juno: bonitinho e indie!
Pudera eu ter conhecido e ouvido Patti Smith com 16 anos!
Ah menina danada, que até canta...

Anyone Else But You

sábado, 8 de março de 2008

Acabei de ver esse filme.
Tem um elenco interessante, conhecido dos seriados. Bem bom vê-los no cinema.

Os verdadeiros amigos fazem falta.
Sempre.

Boa Noite.

ménage

Rita e Santão
Sofia e Renato
Josélia e Marcos
Myrcia e Eduardo.

Ultimamente, com novos casais se formando (e se desfazendo), estão aparecendo uns pedidos de "amizade" de casais, via orkut.
Claro que não aceito nenhum.
Em primeiro lugar porque é muito cafona.
E depois dessa, onde fica a privacidade? Se eu decidir contar meus podres para aquele amigo-irmão com quem já fiz até... deixa pra lá, mas enfim, não vou querer que a mulher, o marido, ou seja lá quem for, leia o que eu escrevi.
Ah, não, assim não dá!!!

Ou você anda aceitando casais? Pra que? Fazer um ménage?

quinta-feira, 6 de março de 2008

notícias populares

"O vídeo do Cansei de Ser Sexy é o mais visto do youtube"
O vídeo já foi visto por mais de 80 milhões de pessoas...

Bela bosta, a música é muito chata e o vídeo então nem se fala.
Quer um bom? Veja o da Roberta Close entrevistando a Xuxa.
Roberta: - Xuxa, se estivéssemos só nós duas numa ilha deserta, o que você faria?
Você não vai perder, vai?



"Justiça condena Globo por editar depoimento de doméstica em Páginas da Vida"
No vídeo exibido pela Globo, Nely Passos dá um depoimento dizendo que se masturbava. Mas o vídeo foi editado e só colocou no ar essa parte. O depoimento original tinha 90min.

Quer um depoimento bão? Veja a Vanessão, de Gi-Paraná, e veja sua autenticidade.



"Eike Batista está na lista dos mais ricos do mundo"
Ele é o terceiro brasileiro mais rico com uma fortuna de R$ 6 Bilhões.

Enfim, a Luma que foi boba porque esperta mesmo é a Narcisa: que pega o cafagestão do Amaury e ainda esnoba o povo pagando peitinho!


bandidagem

Hoje fui com meu pai conversar com nosso advogado. O assunto? Nada tão sério; resumindo, são pendências que envolvem um motoqueiro, a politicagem e uma puta infração de trânsito (minha).
Enfim, logo que entrei na sala já me deparei com aquela papelada típica de advogado - que não é pouca coisa. A mesa estava bem organizada mesmo com todas as pilhas de papéis. Como seria a mesa de um advogado público?
Eu não consigo lidar com papéis - com gente, eu vou levando e aprendendo. Um simples recibo de banco, um coprovante de pagamento, uma tele-sena e até revista que eu vejo jogada, tudo, tudo vai pro lixo. Jornal então, fora. Porque se deixar, meu caro, vai acumulando, acumulando e.... já teve uma gavetinha com aquele monte de tranqueira? Então. Nem isso eu quero ter mais.
Fora esses trambiques, eu adorei trocar uma idéia com alguém que procura resolver tantos problemas alheios: briga de foice, roubo de galinhas, separações, pensões, gente caloteira etc etc. Você teria essa paciência? Não confunda, eu ainda não gosto de advogados e muito menos de algo ligado ao governo, como uma delegacia, por exemplo.
Um problema a menos significa algo a menos com o que me preocupar. O que me deixa mais tranqüilo, esperando, até quem sabe, me relaxar numa noite agradável de sono.

Nada como ter contato (físico) com as pessoas e bater um papo sem utilizar a internet. Já pensou como isso faz diferença? Como estamos virtuais. O povo namora pela internet, goza pela internet, nasce e se suicida via internet. E a tenginite? Dá-lhe fisioterapia!
Não vou deixar de usufruir das facilidades da banda larga, porém por ora, quero ouvir, sentir, cheirar, tocar e não simplesmente digitar; e na melhor das hipóteses quem sabe até gozar.
Acompanhado é claro.

Beijo, me liga!

pavão, não!

Urubu!

metáforas

rara avis: a rare or unique person or thing.
morô?

quarta-feira, 5 de março de 2008

vai cagar

Para aliviar meu estresse de hoje decidi botar pra fora as palavras que estão me rodeando:
dentista, aparelho, cirurgia, intimação, advogado, Fórum, sp, café, amigos, distância, pressa, insônia (...) e deixe-me ver se faltou alguma... ah, o ciúme; o meu e dos outros*.

Estive pensando: em que momentos somos extremamente chatos? De beirar o limite da tolerância?
Nos momentos de carência, de insegurança acho que é mais aparente. Mas têm coisas que são fatos em algumas pessoas, como por exemplo a reclamação constante. Reclamar é redundante, é chato mesmo e pronto - o mesmo para os "sistemáticos" que são chatos só por existirem.

Portanto, vou tentar usar melhor as palavras, reclamando menos e com isso ser menos chato.
Mas não sei até quando, pois tem coisa que não dá pra segurar, né minha gente!

Beijos.

(continua...)

*que me fez apagar um álbum (criado) no mesmo dia: impossível caber todo mundo e orkut não é referência. Não coube no orkut mas cabe no meu coração! (uuuuiiii, que brega!)

adversidade

Você é adverso com suas palavras?
O que você diz não tem nada a ver com o que você faz?
Suas palavras são belas porém você não age da mesma maneira?
hum...

domingo, 2 de março de 2008

about carrie

(minutos depois)
pronto terminei o filme, que me fez lembrar uma palavra: culpa.
se viver com culpa já é ruim, com a cristã pior ainda.
isso sim é coisa do capeta. xô satanás!
... e cuidado pois culpa se cria dentro de casa, sim senhor.

"é pecado, não pode"

Outro dia fui ver Aida (aída e não áida, por favor) com Paulo. Sensacional. Uma pena que não se pode mais usar outdoor em sp nem para divulgação de espetáculos. Gostei...

Enfim, falando em musical, acabei de ver Across the Universe; gostei. Nunca fui muito fã de Beatles mas gostei do filme.

E agora (right now!!!) estou vendo Carrie, nesse exato momento - que redundante!
E vendo uma cena inicial, não pude deixar de fazer esse comentário:
"Eva was weak, Carrie!" diz a senhora White. "Seu primeiro pecado foi a "trepada"".
"Confesse Carie, confesse!"
"Oh mom, please!" Tadinha dela! - mas aguarde, ela irá dar o troco!
Instantes depois, Carrie reza, ou melhor, finge.
Isso mesmo Carrie, do it!

E outro dia desses me perguntaram:
- Ah meu filho, nunca te vi na missa. Você é o quê?
- O quê, o quê? Preto, branco, gay etc?
(...)
- ... ah filho, isso eu não faço; é pecado, não pode.
SUCKS!
Ah, deixe-me voltar para o filme. O Travolta está pegando a moça dentro do carro.