terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

é isso...

Cada vez mais venho me decepcionando com o meio jornalístico (e da comunicação em geral).
Para começar, por tudo o que você batalhar, todo seu esforço para escrever determinada matéria, tudo vai ter que ser de acordo com o que o editor "pense". Você nunca poderá dar a sua cara, escrever sua opinião - a não ser que você seja um colunista. Claro que os jornais tem sua linha editorial, mas no geral, está muito chato e não há estímulo financeiro para um bom jornalista.

Quer saber a verdade? Que verdade? Não existe verdade; tudo está muito relativo, muita coisa em excesso, muita gente dando palpite e se achando que podem (dizer) tudo. Está impossível chegar a uma conclusão sobre qualquer coisa que seja.
Para isso, existe os editores; para que jornalistas?

1 comentários:

rodrigo pohl. disse...

e enquanto isso tem gente que ao invés de procurar jornalismo que agregue, que faça pensar, mudar o mundo, é mais preocupado em acompanhar a vida da Britney, da Paris, da Amy.

eles estão lá ganhando seu pão sim. mas quem consome o produto deles tb tem sua parcela de culpa, pra perpetuar as coisas do jeito que estão.