quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

complicados viados

Não vou ficar falando do mesmo assunto: gente, pessoas, seres humanos são muito complicados e para quem não tem muita paciência isso chega a ser irritante.

Quanto aos gays, então, nem se fala. É problema com ex; não pode isso, não pode aquilo; marcar para beber um chope nem se fala... dá barriga. Nessa época do ano onde todos os lugares estão abarrotados, a concorrência aumenta, mesmo entre amigos - quantos deixei de ver por isso! é foda. Foram pessoas demais para abraçar e não deu tempo.

Podem me chamar de doido e o caralho, mas de uma coisa estou tranquilo: da minha sinceridade e de ter ao menos tentado. Não vi todos que gostaria (como foi programado) mas o acaso me recompensou com pequenas e ótimas surpresas.

Bom ano a todos.