quarta-feira, 31 de outubro de 2007

exemplo de globalização

O comentarista Barba Negra dá um exemplo bem humorado da globalização para os leitores de Nonsense: a morte da princesa Diana, há 10 anos. Por quê?

“Uma princesa inglesa com um namorado egípcio, tem um acidente de carro dentro de um túnel francês, num carro alemão com motor holandês, conduzido por um belga, bêbado de whisky escocês, que era seguido por paparazzi italianos, em motos japonesas; a princesa foi tratada por um médico americano, que usou medicamentos brasileiros. E isto é enviado a você por um brasileiro, usando tecnologia americana (Bill Gates), e, provavelmente, você está lendo isso em um computador genérico que usa chips feitos em Taiwan, e num monitor coreano montado por trabalhadores de Bangladesh, numa fábrica de Singapura, transportado em caminhões conduzidos por indianos, roubados por indonésios, descarregados por pescadores sicilianos, reempacotados por mexicanos e, finalmente, vendido a você por judeus, através de uma conexão paraguaia.”
fonte: Nonsense

Só faltou citar Polôni.
Não me diga que nunca ouviu falar desse lugar?

tá explicado

Essa é nova....
Vocês sabiam que David Lynch tem uma fundação? É algo relacionado a meditação transcendental.
Seria essa a fonte (ou uma das) de inspiração para seus filmes?
Ele disse a meditação mudou sua vida; é praticante há mais de 30 anos.

música da vez.....

Curioso? Veja a letra e procure ouvi-la também!

DESCULPA AI....


Estão reconhecendo? Isso mesmo: Juliette!
Pulou na minha frente no meio do povo enlouquecido. Quase passei a mão nela.
Quando ela ameaçou pular, foi um empurra-empurra danado! E que calor era aquele!
Sensacional! Linda ela... agora as músicas, ah....
Não tinha cerveja?

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

a hora é agora

Amanhã, nesse mesmo horário, espero estar no Rio de Janeiro.
Toda expectativa em torno do TIM foi transferida para o clima chuvoso. Está um tempo horrível; eu, preocupado se o avião vai ou não subir amanhã.
Cada minuto perdido num aeroporto é um minuto a menos na cidade!
Juliette e Killers? São o que menos importa; há gente bem mais importante para eu ver na cidade!!! É uma questão de horas!
Aguardem...

o alien é cool


Ele é tão cool que resolveu usar terno...
Veja só...

até que ele ficou comportado


Não vou fazer desse blog, um lugar para fazer citações.
Mas como eu gosto de fotografia e de David Bowie; aqui tem mais: madonna, kid vicious, plant etc...
E também de uma música de David.

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

uma lembrancinha...


Olha o tamanho dessa máquina digital!
Parece que é do Paraguai! Gostou? Essa é a do Jack.
Também tem a da Meg.
Saiu no site da RS.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Heores? nunca vi!


Como todos sabem, eu odeio televisão. Programas são repetitivos e não tenho paciência para acompanhar seriado ou novela, blá blá blá. Ainda bem que inventaram o DVD com as temporadas dos seriados; assim eu os pego na locadora.

Nunca tinha visto nenhum episódio de Brison Break, já que eu subestimei essa série, como fizera com todas; essas séries sempre inventam pensonagens desnecessários e historinhas paralelas. Engano meu, PB se diferencia das outras por uma razão essencial: o roteiro.
Ela também tem suas historinhas e personagens, mas é tolerável.

Vejam.
Pessoas que voam, que páram o tempo, que esticam os braços?? Ah... o fodão mesmo, é Mr. Scofield, mano!
* Enquanto a segunda temporada não chega, tem um site que faz isso pra gente!

sábado, 20 de outubro de 2007

ennis del mar, vol.2

Saiu na OK Magazine: Heath Ledger está negociando a seqüência de BM!
Depois dessa, irão produzir Brokeback Revolutions! É bem capaz...

que cara é essa?

os objetos que têm caras!
e bocas também!

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

ah bom...

E não é que pegaram o cara! Veja só!
Para quem não sabe, ele foi assaltado e depois disso, desabafou.

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

tipografia

Uma dica para quem ama tipografia!
Mais uma dos Favoritos!

domingo, 14 de outubro de 2007

tapa na cara

Um dos motivos pelos quais não continuei minha terapia, foi a difícil escolha de uma linha de pensamento. Nunca cheguei a uma conclusão sobre qual método escolher para me deixar mais "tranqüilo" quanto a certas dúvidas internas. Confiar ou não em Freud? Terapia Cognitiva ou Psicanálise? Homeopatia ou Acumpuntura?
Houve uma época em que eu conseguia parar de pensar e até chegava a meditar por alguns segundos. Fui vencido pela impaciência; não diria vencido, mas no meio de tantas vertentes, tantos paradigmas e tantos dramas (dos outros e dos meus próprios) resolvi simplificar tudo, focando numa só coisa: minha felicidade.
Esse filme, "I Heart Huckabees" trata - em parte - desse tema, da dúvida existencial existente em todos nós, de filosofia e preservação ambiental. Assistindo aos extras do DVD, essa mensagem de luta pela preservação das áreas verdes (Open Spaces Coalition) ficou ainda mais evidente. Coincidentemente, também hoje, ao abrir o jornal, li a seguinte manchete, "Gore e Comitê de Clima da ONU ganham Nobel da Paz".
Reconheimentos como esse, mesmo que atrasado, ainda são muito válidos. Tenho procurado ter esperança de que algo vai mudar com nossos esforços, agindo mais e falando menos (não é Sr. Presidente?). Ponto para Gore e para o filme, que me fizeram mais feliz hoje!

O elenco não é pouca bosta:

  • Dustin Hoffman - Bernard Jaffe, quem interpreta um dos dois "detetives existencialista" (um personagem, inspirado em, de acordo com Russell, Robert Thurman).
  • Lily Tomlin - Vivian Jaffe, a outra detetive e esposa do personagem de Hoffman.
  • Jason Schwartzman - Albert Markovski, um ambientalista que contrata o casal interpretado por Hoffman e Tomlin.
  • Jude Law - Brad Stand, o nêmesis do ambientalista quem é empregado da Huckabees, uma cadeia de lojas tipo Wal-Mart.
  • Naomi Watts - Dawn Campbell, um modelo representante da Huckabees que vive com Stand.
  • Mark Wahlberg - Tommy Corn, um furiosos bombeiro pós-9/11 que tenta levar Albert em direção a filosofia niilista de Caterine.
  • Isabelle Huppert - Caterine Vauban, a niilistica contra parte dos detetive assistenciais que cuja a filosofia tem raízes na deconstrução e no absurdismo; Ela parece ser evidentemente um, fundo francês com a proncuncia francesa do primeiro nome de Albert (al'bɛʁ) idêntico a escritor francês Albert Camus.

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

the killers, yeah!

The Killers foi o mais votado na enquete, com 41%!
Em seguida, empatados, Björk e Cat Power, com 23%.
Anthony, com 2% e Juliette, com... mas o que é isso? só 1%??
Vocês estão loucos?

autoconhecimento

Ontem, fui no Vila prestigiar meu amigo Stefano, na bateria, e sua amiga Tai Aragão, no vocal.
No intervalo fui falar com ele. Blá blá blá, glub glub glub... O assunto não poderia ser outro: música. Alguns goles depois, falei a palavra mágica: gótico*.
Do nada, apareceu uma menina dizendo "você disse gótico?". Pronto, ela já veio me perguntando que bandas eu conhecia. Não consegui lembrar de muita coisa, mas consegui lembrar de London After Midnight. Ela se empolgou e disse nomes que não consegui entender direito - devo ter feito o mesmo com ela; percebi que essa conversa não renderia nada, dei uma desculpa e fui ao banheiro. No retorno para minha mesa, passei por ela e tentei cumprimentá-la, mas ela me ignorou.
A princípio eu achei muito maneiro alguém daqui de Rio Preto se interessar por esse estilo de rock; coisa rara, numa região onde só se rala em música country e rodeio; e essa é semana do rodeio da cidade.
Não entendi o motivo por ela ter me ignorado, mas também não importa. Ela me decepcionou, agindo dessa maneira. Enfim, ela estava com uma amiga loira, que juntas formavam um belo casal.

Ah! Se meu amigo Rodrigo Forward (o culpado de tudo) estivesse lá comigo! Ele teria dado uma aula a essa menina!

*não diferencio muito o que ouço, mas comecei a ouvir esse estilo há pouco; e o pós-punk também, claro!

Manual de Redação

A PUCRS disponibilizou na web um manual de redação.
A consulta a esses manuais é essencial pois a língua é cheia de regras e exceções.
É um trabalho que requer muita paciência (coisa que eu não tenho).

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

lego bíblico

Histórias bíblicas em Lego? Isso mesmo, a bíblia ilustrada com fotos de Lego!
The Brick Testament
Deve ter custado uma nota preta! Quase um dízimo.

VERTIGO

Para quem já foi fanático por HQ, eis um saite para você procurar as capas preferidas: cover browser. Há uma lista de tags para você encontrar sua predileta. Eu já encontrei Constantine entretanto, senti falta de Groo, o errante.

o gosto dos outros

Só pra citar, o fime The Hills Have Eyes é um porre. Nem merece um post.
"Mas como você pegou um filme desses, João?". Perguntando para o dono da locadora - tentei dar um crédito a ele.
Eu cheguei sem saber que filme alugar na locadora. Começamos a falar sobre filmes que tínhamos visto em comum: "Rejeitados Pelo Diabo" foi um deles, e esse para mim é um clássico!
Logo em seguida ele me sugeriu essa "viagem maldita". Chega... aí eu disse a ele que "por isso no trailer não mostrava os canibais!". Pensei que poderia estragar o filme.
E não é que estraga mesmo! No começo, até lembrava um pouco o Devil's Rejects. Só o começo mesmo. Depois aparecem as porcarias dos deformados. Não dá. Nâo pelos caras, mas por estarem fora de contexto e realidade.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

guarda essa revista menino!

Depois de ler o Blog de Duilio constatei o óbvio: a porcaria dos desenhos animados e o descaso com a educação não ajudam a criar (bons) exemplos de heróis; em nenhum contexto: seja político, histórico ou, meramente, entretenimento.
Exemplos de políticos, melhor nem comentar, dá arrepios. Sabe a ex-namorada de Renan? Então, já está aí na playboy! (Vazou! Tire suas conclusões).
Poderia ter feito um texto melhor argumentado; mas por se tratar de um tema complexo (problemas sócio-culturais), não chegaria a nenhuma conclusão. David Lynch?
Tendo somente a televisão como lazer, o povo fica sem (boas) referências culturais e com isso, apela-se para a bunda - coisa farta nesse país; e sem camisinha.
Duvida?

* Saudade do Esqueleto. Lembra do He-Man e os mestres do universo? Então, saiu em DVD! Já encontrei na locadora. A caixa é muito bacana. Ah! da She-Ra também. E os dois juntos, melhor ainda! Você pode presentear aquele seu tio ou aquele sobrinho que você adora!

A loirinha aí de cima, é o desenho de Íris, do BBB, que será estampado sabe onde? Só clicando.
Que meigo!

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

eu já sabia



iPod vendido no Brasil é o mais caro! - Reuters
Isso é novidade pra você?

domingo, 7 de outubro de 2007

ela dá mais que você!

De acordo com o site do Te Contei, ela disse: só transo se o cara usar camisinha.
Tire suas conclusões: sobre gênero, sexo seguro, maturidade...
Eis a matéria completa.

sábado, 6 de outubro de 2007

só rindo

Puxando a conversa do blog de Duilio:
"Petista é mais brasileiro que os outros"

"As pessoas passam para a sociedade uma idéia de que é possível fazer choque de gestão diminuindo o número de pessoas que trabalham, quando, na verdade, o choque de gestão será feito quando a gente contratar mais gente, mais qualificada, mais bem-remunerada, porque aí teremos também serviços de excelência prestados para a sociedade brasileira", afirmou o Presidente.

Definitivamente o Lula...

e agora?

Eu gosto de comédia romântica mas não é o gênero que gosto de ver no cinema, e como aqui em Rio Preto é difícil encontrar algum fime cult (daqueles do Unibanco), ontem fui ver Ligeiramente Grávidos (Knocked Up).
Logo no início você percebe que o filme será mais um daqueles com jovens bobos e desocupados que só pensam em sexo. Mas você se engana.
É mais realista por se tratar de um assunto comum: a gravidez indesejada nos jovens. É o perfil do cara desencanado que fica com a gostosa executiva numa noitada.
A gravidez os fazem discutir literalmente a relação - que só de pensar no assunto faz muita gente sair correndo ou até mesmo terminar a relação. Por isso mesmo, dificilmente esse relacionamento daria certo sem essa gravidez para forçar a união.
O casal passa a aceitar os defeitos de cada um ao mesmo tempo que vão brigando e se conhecendo - e porque não se amando?. Não é uma tarefa fácil, já que eles são tão diferentes.
Contudo, o filme serve para percebermos como é difícil a tarefa de manter um relacionamento.
Para agüentar alguém do lado a gente pode dar um jeito. Quero ver mesmo é ser feliz com todos os problemas que a rotina traz. Ou senão, que um bebê traz.

os 20 casais mais atraentes do cinema

Gostei...

você vai querer

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Reagan's Star Wars Project

Eu nunca gostei de Star Wars...
http://www.youtube.com/watch?v=q5ZstZ1cF2k&eurl=http%3A%2F%2Fwww%2Esomethingawful%2Ecom%2Fd%2Fmost%2Dawful%2Fmost%2Dawful%2Dscifi%2Ephp%3Fpage%3D9

fun modernized art




Vale a pena dar uma olhada:
http://www.somethingawful.com/d/photoshop-phriday/modernized-art2.php?page=1

revista ilustrar



Revista Brasileira de Ilustração e Design. Só baixar. Clique no título.

Transpoting in typography

http://www.youtube.com/watch?v=XpH-A8IEpnY

bad covers


Clique to título para ver o resto...

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

bandeira

Acabei de assistir à Conquista da Honra, o outro filme de Clint.
Não vou resenhar, só dizer a conclusão óbvia - embora não seja essa a finalidade dos filmes.
Comemorar o quê?
Podem fazer festa; bailes com um trio no vocal: duas morenas e uma loira, claro; marcar encontros com o presidente; hastear a bandeira (de novo), etc. Comemorações à parte, não há patriotismo que justifique a guerra.
Estavam celebrando uma cena publicada nos jornais, não a vitória. Muita coisa iria acontecer nesse período, pois muitas mortes viriam.
Eu entendo essa euforia em torno de uma foto. Talvez porque essa era a vontade de todos, do término da guerra para que os filhos voltassem logo para casa.

gracinha


"Vocês vão para aquela direção. Deixe-me ver... para que lado fica o oeste?
Enfim, fiquem tranqüilos que eu lhes garanto a segurança."

oba!


Deu na Rolling Stone que o Nirvana Acústico, gravado em 1993, vai ser lançado em DVD!! Oba!!!

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

tá sem nada pra fazer aí no trampo?

http://i68.photobucket.com/albums/i27/rslonik/nM/mouse-em-perigo.swf

eu não uso...



A Gillette e The Art of Shaving lançou The Fusion Chrome Collection com duas opções.
manual e "power" que vibra a lâmina com micropulsações. Só não vá cortar a orelha!
AH, micro vibrações? Tá com preguiça de fazer barba? Passa a máquina! Ora essa...

as cartas enterradas

Não gosto de filmes de guerra, por isso adiara a locação de Cartas, por isso demorei para assistir. Espero não demorar a ver o outro filme, sob o ponto de vista americano, A conquista da honra.

Fiquei pensando sobre a finalidade de filmar um filme de guerra e na própria razão de existi-la. Sua irracionalidade já é motivo para não existi-la. Quanto a filmá-la, é sempre válido, pois traz, sempre, novos questionamentos. Nesse caso, coube a Clint Eastwood dirigir a batalha sob o ponto de vista nipônico.

No filme percebemos um patriotismo humano, desesperador e humano dos Japoneses – ao contrário do patriotismo arrogante dos americanos; mas ambos assustados. Assim como todos os filmes de guerra, nele, todas as razões e ideais de luta pelo País são destruídas pela morte. Morre-se covardemente com um tiro nas costas dado por um companheiro; morre-se defendendo seu território, e; também se suicidando em nome da pátria. Enfim, todos parecem perceber que lutar e morrer não são mais importantes do que voltar para casa e estar ao lado da família.

E no Brasil como seria?

Devemos sempre defender nosso território corajosamente mesmos que morremos por ele? Imaginemos a seguinte cena: o Rio de Janeiro sendo invadido por tropas americanas. Você acha que teríamos alguma chance de vitória? Você acha que mesmo assim deveríamos morrer em nome desse País?

Vejamos então por outro lado, o de lutar por esse País. Fiquei imaginando “Brasília” convocando todos os jovens para guerrear o inimigo. Haveria armas e munições? Suponhamos que tivéssemos armas e munições poderosas, há sempre o risco de ficarmos sem reforços por parte do Exército – como aconteceu no filme.

Contudo, fiquei tentando encontrar alguma perspectiva que pudesse justificar uma guerra. Bush encontrou, eu não. *

*Disputar mesmo, só no esporte. Atualmente eu me sinto bem mais patriota torcendo pelo vôlei brasileiro, pois o futebol já está muito globalizado!

terça-feira, 2 de outubro de 2007

dicionário para quem não é entendido. entendeu?

Arrasou - Expressão de admiração em relação a um ato bem-sucedido de outra pessoa.
Abalou - O mesmo que arrasou.
Aurora - Mal cheiro.
Alibã - Polícia.
Amapoa - Mulher.
Aqüé - Dinheiro.
Aqüendar - Olhar, paquera, também pode ser usado como fazer sexo.

Bafão - Confusão.
Barbie - Homem homossexual malhado e afeminado.
Bilú - Homossexual metido a rico.
Biu - Gay, homossexual masculino.
Bofe - Homem bonito.
Bolacha - Homossexual feminino.

Cheque – Cocô. (Da mesma forma que nena).
Chuchu – Barba.
Carimbo - Doença sexualmente transmissível.
Carimbar - Transmitir doença.
Caminhoneira - mulher homossexual masculinizada
Carão - Fazer pose, debochar.
Close - Pessoa metida.
Colar velcro - ato sexual entre duas mulheres.
Colocação - Se drogar, ficar alto.
Cotrofe - Brega, feio ou de qualidade ruim

Demônio - Gay feio (a).
Dumdum - Pessoa negra.
Desaqüendar - sair fora, deixar o lugar.
Doce - Armar confusão, fazer o mal.

E aí? - Expressão de cumprimento, talvez a mais usada no meio homossexual. O mesmo que olá, como vai?
É tudo - Algo muito bonito e/ou interessante.
Entendida (o) - Lésbica, gay.
Enxerto - Intriga.
Elza - Roubar.
Erê – Criança.
Equê - Mentira.

Fomfom – Gazes.
Fita – Esperma.
Fancha - sapatão

Gravação - Sexo oral.

Mona – Mulher; ou homossexual masculino afeminado.
Mondrongo - Feio, esquisito (nome dado às deformações causadas pelo uso de silicone industrial).
Mala - órgão genital masculino.
Maricona - Homem homossexual com mais de 50 anos.
Mati - pequeno.

Nena – Cocô. (Da mesma forma que cheque).
Neusa – Homossexual; ou mulher oriental.
Neca - órgão genital masculino.

Olofom - Mal cheiro.
Odara - grande
Ocâne - órgão genital masculino
Ocó - Homem.

Pencas - Em grande quantidade, muito.
PAM - Sigla para Passiva Até a Morte
Pasdeux - cocaína (também encontrada como padê)
Picumã – Cabelo.
Picumã do equê – Peruca.
Parô tudo - Expressão de admiração sobre algo que seja bonito ou um ato corajoso.
Paulo Otávio - Cocaína
Pintosa - Homem homossexual bem feminino.

Racha - órgão genital feminino

Se joga! - expressão de estímulo, o mesmo que "Vá em frente"
Suzi - Homem homossexual malhado, afeminado e já com mais de 40, anterior à Barbie

Tata - Homossexual masculino muito afeminado.
Tô loka - Expressão de raiva, também usada para indicar que a pessoa está sob o efeito de drogas ou álcool. Pode também ter sentido jocoso.
Taba - Maconha.
Tá meu bem! - expressão de admiração
Travlon - Travesti (outras formas: trava e traveca)
Tô passada - Expressão de espanto e também de admiração (pela norma culta: Tô Pretérita)
Tô bege - O mesmo que tô passada!

Uzê - Ruim, pior que uó.
Uó - Alguma coisa ruim.
Um luxo - Algo bonito, interessante...

Zalene - estar excitado.

http://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%ADngua_iorub%C3%A1#Iorub.C3.A1_e_a_homossexualidade

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

justiça

David recebeu uma homenagem do Presidente da França, cujo nome não importa, nessa segunda-feira, 01/10.
Formalidades à parte, espero que ele tenha ganhado uma boa grana para continuar filmando por muito tempo e o resto também não importa.

eu recomendo

Eu já fui tanto nesse cinema - sozinho, claro...
Saudade...

MUDANÇA DE ITINERÁRIO

Cacete, mudaram meu itinerário, pq?
Porque não se faz mais conexão em congonhas.
Ou seja: meu tim festival está comprometido!