segunda-feira, 4 de junho de 2007

o que é importante a gente não vê

- Será como a flor. Se tu amas uma flor que se acha numa estrela, é doce, de noite, olhar o céu. Todas as estrelas estão floridas.

- Todas as estrelas estão floridas.

- Será como a água. Aquela que me deste parecia música, por causa da roldana e da corda... Lembras-te como era boa?

- Lembro-me...

- Tu olharás, de noite, as estrelas. Onde eu moro é muito pequeno, para que eu possa te mostrar onde se encontra a minha. É melhor assim, Minha estrela será então qualquer das estrelas. Gostarás de olhar todas elas... Serão, todas, tuas amigas. E depois, eu vou fazer-te um presente...

Ele riu outra vez.

- Ah! meu pedacinho de gente, meu amor, como eu gosto de ouvir esse riso!

- Pois é ele o meu presente... será como a água...

- Que queres dizer?

- As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. mas todas essas estrelas se calam. Tu, porém, terás estrelas como ninguém...

- Que queres dizer?

- Quando olhares o céu de noite, porque habitarei uma delas, porque numa delas estarei rindo, então será como se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem rir!

E ele riu mais uma vez.

- E quando te houveres consolado (a gente sempre se consola), tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo. Terás vontade de rir comigo. E abrirás às vezes a janela à toa, por gosto... E teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Tu explicarás então: "Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!" E eles te julgarão maluco. Será uma peça que te prego...

O pequeno príncipe

5 comentários:

Tonico disse...

Um ode a amizade!....

rodrigo pohl. disse...

tinha me esquecido de quão emocionante é 'o pequeno príncipe'... ah, será que tô virando emo? tenho que me policiar.

Mãe Dináh disse...

na verdade, vc é um tanto quanto pop... penso eu cá.

Por enquanto estou só nos banhos de sal grosso mesmo. Mas, por que a sugestão das folhas?

Mãe Dináh disse...

só estava dando uma olhada
nada de mais, achei sem querer...

insistência de ariano mesmo!

aliás, o sal grosso não funciona.
Também pra quê... o santo é forte.

peterlake disse...

Vejo que o lirismo não morreu. Que a poesia viva sempre em nós, mesmo em prosa ou poema.
Até!