segunda-feira, 23 de abril de 2007

eu me asseguro disso tudo.

A confusão das idéias não cabem aqui num texto.

Estou assumindo minha responsabilidade por toda minha inconseqüência.

Essa impaciência e hiperatividade - incontroláveis por ora - não me deixaram criar limites em alguns momentos. Foi aumentando com o tempo. Estou tentando controlar isso tudo – o que não é fácil.

Junto a isso, soma-se viver num lugar lastimável e contrariado.

Viver no interior, aparentemente me fez me isolar das pessoas queridas e me angustiar pela solidão. Não encontrava em quem confiar e as opções de amizade eu não queria, pela mentalidade provinciana que predomina nas cidades pequenas.

Para quem é hiperativo com DDA esse é um contexto que beira o desespero

Foi uma fase dura. Longa.... mas que já está no seu desfecho.Fodam-se aqueles que não compreendem e me julgam. Vão cair do cavalo.