terça-feira, 6 de abril de 2004

Experiência Patética

Estava eu andando pelas redondezas, quando me deparei com um cartaz: “Precisa-se de moça com experiência em fritar pastel”.
Se assim continuar logo estaremos vendo algo do tipo: “Precisa de funcionário com experiência em calçar sapato”. Como se para calcar um bom sapato tenha que exigir certas regras como do tipo: se você esticar o dedo, o sapato encaixa melhor em seu pé; agora se tiver o pe meio torto, uma dica dobre os dedos, assim o sapato ficara tão confortável que você flutuará. Ridículo...
Parece meio irracional; a que ponto chegamos: exigir experiência de certas práticas quando na realidade essa experiência não faz diferença nenhuma. Se pegarmos o mesmo pastel, ou melhor, dois com a mesma receita e mesmos ingredientes, tudo igual; até a mesma panela e mesmo óleo. Fritemos os dois. Eu frito um e você frita outro. Há chance de algum pastel ficar mais saboroso, mais suculento, com mais “massa” ou recheio? A única possibilidade é que um fique mais queimado que outro, ou mais branquinho. Isso pode ser adaptado de acordo com o gosto do cliente. Agora, todos nós sabemos que se o pastel ficar encharcado o problema não é com o “fritador” mas com a temperatura do óleo.
Por isso, não se espante, quando você encontrar algo do tipo: “Precisa-se de homens com experiência em operar calculadora.” Na minha calculadora 2 + 2 = 4. E na sua?

0 comentários: